FVS-AM descarta relação de óbito de idoso com vacina contra Covid-19

O laudo de necropsia aponta que a causa da morte do idoso foi infarto agudo do miocárdio (músculo cardíaco)

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) informou na terça-feira (16/02), que o óbito de um homem, de 83 anos, registrado em Manaus no dia 30/01, não tem relação com a dose do imunizante AstraZeneca/Oxford, contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2), tomada pelo homem no dia 29/01. 

A investigação, como Evento Adverso Pós-Vacinação (EAPV), foi realizada pelo Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais (CRIE), órgão vinculado à Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM); em parceria com a Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT/HDV).

O laudo de necropsia aponta que a causa da morte do idoso foi infarto agudo do miocárdio (músculo cardíaco). Portanto, o óbito foi descartado como ocorrência associada à vacina contra o novo coronavírus.

A FVS-AM acrescenta que o manejo apropriado dos EAPV é essencial para manter o sistema de vigilância sensível, avaliar a segurança do produto e dar resposta rápida a todas as preocupações da população relacionadas às vacinas. 

Fonte: TODAHORA.COM

Confira mais em nosso instagram

Contato

Órteses, Próteses e Materiais Especiais (OPME)

+55 (92) 3345-3848

MEDICAMENTOS E CORRELATOS

+55 (92) 3245-3848 / 9 9516-0001

PRIMECARE COMERCIO DE MEDICAMENTOS E MATERIAIS HOSPITALARES EIRELI – CNPJ: 32.481.041/0001-33. As informações contidas neste site não devem ser usadas para automedicação e não substituem, em hipótese alguma, a medicação ou tratamento prescrito pelo profissional da área médica. As fotos contidas em nosso site são meramente ilustrativas. Os preços e as promoções, são válidos apenas para as compras via Internet. Preços e disponibilidade são sujeitos a alterações no decorrer do dia. DIREITOS DE MARCAS E PATENTES RESERVADOS ® 2020 – 2030 – PRIMECARE COMÉRCIO DE MEDICAMENTOS E MATERIAIS HOSPITALARES EIRELI.

Desenvolvido por Marcelo Leite